10 hábitos essenciais para iniciar seu próprio negócio

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br


Empanada concurso em Salta com os meninos de Superhábitos e seus amigos. Um dos dias mais felizes da minha vida 😉

A maioria das pessoas, quando pensa na Argentina, pensa apenas em Buenos Aires. Eles também conhecem Bariloche e o Perito Moreno, mas chegam lá. Infelizmente, eles esquecem uma das minhas áreas favoritas do país: o norte.

Foi precisamente lá, em Salta, onde conheci Lucía, a autora do post de hoje.

Lu, como seus amigos mais próximos a chamam, entrou em contato comigo no Twitter para nos encontrar quando cheguei à cidade dela. Ele veio me buscar na rodoviária, me levou para beber sangria na melhor peña salteña e me convidou para vários assados ​​em sua casa. Também fomos juntos a um concurso de empanada, um sonho tornado realidade (caso você não soubesse, EU AMO empanadas) 😀

A verdade é que eu me diverti muito com ela e ela me fez sentir em casa. Ainda me lembro de nossas conversas sobre a criação da futura igreja de Leo Babauta hahaha, serei eternamente grato a você por sua hospitalidade 🙂

Junto com o namorado e os irmãos do namorado, Lu dirige o Súperhábitos, um projeto que visa ensiná-los a desenvolver bons hábitos pessoais para o empreendedorismo de sucesso.

Superhábitos é uma iniciativa que adoro por dois motivos:

  1. Em vez de falar sobre modelos e táticas de negócios para ganhar muito dinheiro com sua empresa ou saber como iniciar um negócio do zero, ele se concentra no desenvolvimento de uma base sólida – bons hábitos – na qual construir qualquer projeto.
  2. Como Living to the Maximum, tem um componente forte offline. Lu, Mati e o restante da equipe organizam reuniões em Salta todos os meses para trocar idéias e “fazer as coisas acontecerem”.

Então, quando Lucía me ofereceu para escrever um post convidado em Vivir al Máximo sobre os hábitos essenciais para o empreendedorismo de sucesso, eu nem pensei nisso.

Portanto, sem mais delongas, deixo você com ela, que tem muito a lhe dizer.

Todo seu, Lu!

***

10 hábitos essenciais para iniciar seu próprio negócio

Ser capaz de viajar de trem enquanto trabalhava parecia um sonho distante, quase impossível.

Eu estava terminando a universidade, trabalhando meio período em um call center e realizou um projeto que, apesar de ter uma boa rentabilidade, não gerou benefícios suficientes para se sustentar.

Depois de alguns anos assim, eu me senti estagnada. Eu não estava mais animado com o meu negócio. Cheguei em casa cansado, tentando terminar minha carreira e pensando no longo prazo e no impacto que eu queria que meu trabalho tivesse. Também no desejo de ajudar os outros e ter liberdade e mobilidade ao mesmo tempo. Tudo foi difícil para mim!

Empreendedorismo não é fácil. É um trabalho árduo, especialmente quando estudamos ou trabalhamos simultaneamente. Então pensei: “se vou me esforçar muito em algo e quero poder viver com isso, tem que fazer sentido para mim e permitir que eu projete meu dia a dia”.

Eu não queria trocar meu tempo por dinheiro para sempre, nem viver de algo que não encontrou significado. Eu queria trabalhar em algo meu e que isso era um meio de mudar a vida de outras pessoas.

Qual era o meu problema e o de muitos jovens em seus primeiros projetos? Seguimos a ordem errada: de fora para dentro.

Com a equipe com a qual me comprometi, procuramos idéias e produtos comerciais lucrativos que estavam em demanda. Passamos muito tempo aprendendo técnicas de marketing, vendas, publicidade etc. Pensamos nos negócios primeiro.

Mas não funciona assim! E nós aprendemos isso batendo. Estar estagnado era a prova mais clara.

Decidimos fechá-lo (estava começando do zero, e isso me assustou muito). Mas desta vez, aprendemos a lição e mudamos o processo: de dentro para fora.

Nós nos concentramos em nossas habilidades, no que gostamos e na construção de algo a partir do que temos que contribuir. Começamos a pensar que queríamos ter um impacto positivo na vida de muitas pessoas e alcançar liberdade e mobilidade.

Concentrar-se em si mesmo e ter um objetivo claro faz a diferença.

Um ano depois, sei que começar com hábitos e depois pensar em técnicas traz os melhores resultados e, acima de tudo, é um caminho muito mais agradável.

Comece com seus hábitos

Os hábitos são importantes porque são atalhos para a mente. Quando algo se torna um hábito, o fazemos automaticamente e, portanto, o esforço físico e cerebral que requer é extremamente baixo.

Isso significa que, incorporar os hábitos corretos, ter clareza, agregar valor, estar em equilíbrio, priorizar e aproveitar cada dia mais se torna natural.

Leia Também  9 maneiras de criar a lealdade do cliente para sua marca em 2020

Como você já sabe, por ser um leitor de anjos, a renda passiva não implica ser Passivo, e construir um negócio exige muito trabalho físico e criativo, requer aprender coisas novas permanentemente e ter grande força emocional.

Com os hábitos certos, você pode construir uma base sólida para ser o tipo de pessoa que carrega suas idéias no ombro e as transforma em realidades, consegue enfrentar riscos e é capaz de se mover com incerteza.

Em seguida, gostaria de compartilhar com você os hábitos mais importantes.

Colocamos em prática e eles nos trouxeram bons resultados, por isso decidimos sistematizá-los para que, através de seus exercícios, mais pessoas possam parar de seguir caminhos pré-estabelecidos e dar o primeiro passo.

Priorize nº 1 com base em sua missão

Um empreendedor sabe para onde está indo e prioriza com base nisso.

Ter uma missão pessoal é saber qual é o seu objetivo mais profundo na vida, o que você procura contribuir para o mundo e qual é o legado que você se propõe a deixar.

É o norte em meio a imprevisibilidade e caos; Dá perspectiva, clareza para identificar oportunidades, motivação e energia, para persistir em meio a crises ou mudanças nas circunstâncias.

Uma maneira simples de mantê-lo: faça sua declaração de missão pessoal, ou seja, coloque sua missão em palavras. Este é um exemplo muito simples e claro de missão pessoal:

“Vivo uma vida equilibrada e desenvolvo todas as minhas dimensões. Adoro e agrego valor, colocando minhas habilidades únicas a serviço de outras pessoas, como gerenciar tecnologia e habilidades para simplificar processos. Sou o alicerce de uma família feliz, na qual todos os seus membros se cuidam e se apoiam, e meu trabalho é medido todos os dias pelo impacto positivo que tem na vida dos outros. ”

Ter a missão escrita permite que você a revise 5 minutos todas as manhãs e, a partir daí, defina qual é a coisa mais importante que faremos naquele dia. Como eu disse antes, a missão é um norte, ela nos guia e nos permite tomar pequenas decisões diárias que nos aproximam desse objetivo.

Cerro Negro
Ter sua missão clara é como subir uma colina olhando o cume. É necessário esforço e paciência iguais, mas a cúpula está lá e nos guia 🙂 (Cerro Negro, San Antonio de los Cobres, Salta, Argentina)

# 2 Tenha uma visão clara

Bons empreendedores são equilibrados e têm uma visão ampla de suas dimensões, papéis e uma imagem clara do futuro que perseguem.

Depois de ser clara sobre o nosso propósito, a visão é uma imagem clara de um futuro desejado. Isso varia ao longo do tempo, mas sua função mais importante é ancorar a missão (que é um tanto abstrata) a algo concreto que possamos imaginar e com o qual possamos nos conectar através da visualização. Continuando com o exemplo anterior, a visão poderia ser:

“Em cinco anos, morando em um lugar tranquilo perto da família, conseguindo viajar com frequência, levantando-me todos os dias para trabalhar no meu projeto, aplicando minhas habilidades para simplificar processos e conhecimentos tecnológicos para melhorar o blog e gerar produtos que ajudam outros jovens superar os obstáculos que os impedem de iniciar seus próprios negócios. Tenha tardes gratuitas para compartilhar com outras pessoas, ler e se exercitar todos os dias. ”

Depois de ter uma imagem clara de um momento futuro específico, você deve executar. E para fazer isso, seja organizado, ou seja, faça o exercício de equilíbrio constantemente. Bons empreendedores trabalham duro para buscar essa imagem, mas raramente negligenciam o resto de suas vidas em um projeto. A imagem do futuro é ampla, não é apenas um projeto, inclui a família, espaços para si.

A melhor maneira de agregar valor e trabalhar em seu próprio negócio é estar bem primeiro, estar em equilíbrio. E a melhor maneira de se conectar com o que você tanto deseja é ter uma imagem clara de algo que você deseja com todas as suas forças.

É simples, apenas com um momento semanal para se reconectar à sua visão e pensar na sua semana, você poderá definir o que é mais importante e o que o aproxima mais dessa situação futura.

Aqui está o guia da organização com base no que é importante para começar a experimentar esse hábito.

# 3 Aprenda a aprender

Um empreendedor é capaz de aprender o que é preciso para iniciar seu projeto. Se você não sabe algo, aprende.

Desde o início, sabia que não ter algum conhecimento não era um obstáculo.

Isso foi contrário a uma idéia generalizada: que, para ter um negócio, você deve ter estudado uma carreira comercial ou ter conhecimentos técnicos específicos. Isso não é verdade e está limitando muitas pessoas! Se você tiver flexibilidade para aprender alguma coisa, avaliar qual ferramenta ou técnica é a mais adequada se torna muito mais fácil.

Como manter as coisas simples? Nunca dizer não a algo por não saber como fazê-lo naquele momento. Sempre se coloque na situação embaraçosa de tentar aprender e experimentar. (Você ficará surpreso com a quantidade de coisas aparentemente difíceis que, se você se dedicar a isso, poderá aprender).

Leia Também  Você é um web designer? Design Crowd é perfeito para você

# 4 Exercite e cuide do seu corpo

Um empreendedor tem energia e vitalidade para enfrentar desafios e ser produtivo.

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br

Exercitar e cuidar da comida não é apenas para quem quer ter uma boa aparência. É algo que, como empreendedores, precisamos atender e sabemos que gastar tempo cuidando de nós mesmos fisicamente é tão importante quanto o tempo que gastamos trabalhando em nossos negócios.

Quanto mais saudáveis ​​somos, melhor nos sentiremos e teremos mais energia, criatividade e equilíbrio. É um círculo virtuoso. Portanto, da próxima vez que você achar que “não tem tempo” para se exercitar porque está trabalhando em seu projeto, lembre-se de que uma hora de exercício pode lhe trazer as melhores idéias e energia para trabalhar posteriormente.

Uma maneira de manter a força física é seguir rituais de exercícios pequenos e muito simples (caminhar o máximo possível em nossa rotina diária, tirar proveito de aplicativos móveis que possuem rotinas curtas muito eficazes etc.), mesmo que sejam apenas 15 minutos por dia, e incorporar uma maneira de alimentar que nos energize, nos mantenha saudáveis ​​e não complique a vida.

# 5 Conheça a si mesmo

Um empresário conhece seus negócios, mas ele se conhece primeiro, ele sabe como identificar e gerenciar suas emoções.

Esse hábito tem a ver com saber fazer uma pausa, desacelerar para refletir sobre o que pensamos ou sentimos, entender a nós mesmos e escolher como responder a situações externas.

O grande benefício disso é que isso nos torna mais independentes, porque não dependemos das circunstâncias e não reagimos a determinados eventos. Quando algo acontece, sabemos que existe uma grande lacuna entre esse estímulo externo e nossa resposta.

Além disso, quanto mais nos conhecemos, melhores relacionamentos podemos construir.

Ter um diário ou algum tipo de registro é útil para obter feedback e trabalhar sobre esse hábito. Escrever é uma maneira de desacelerar e ajustar o corpo à mente. Escrever diariamente (para nós ou para compartilhar com outras pessoas em um blog, por exemplo) é fantástico para refletir e colocar em palavras o que sentimos, pensamos e experimentamos. Então, voltando a essas palavras, podemos “olhar para nós mesmos” de outro lugar e entender a nós mesmos.

# 6 meditar

Um empresário enfrenta estresse, tensão e ansiedade. Mas ele sabe como frear e lidar com eles.

Meditar é uma maneira de diminuir a velocidade, equilibrar a mente e o corpo, fugir do ambiente e ter perspectivas. Não se trata de se tornar monges, viver em uma caverna e passar os dias fechados meditando. É simplesmente ter momentos para desconectar, equilibrar internamente.

Um pequeno ritual que serve para conseguir isso é meditar 10 minutos no início do dia. É preciso apenas um lugar confortável e silencioso, e nos concentrarmos em nossa respiração tentando esvaziar nossa mente por esses minutos.

Além disso, é conveniente tê-lo como um ás na manga antes de um dia difícil ou aplicá-lo entre duas atividades diferentes, em momentos de estresse inesperado ou no final do dia.

Você pode meditar de um minuto a várias horas. Mas, como tudo, requer esforço e disciplina. Com 10 minutos, você pode manter o hábito e desfrutar da tranquilidade que o acompanha.

# 7 Faça o que é importante (e deixe de lado o resto)

O empreendedor sabe quais atividades trazem os melhores resultados, as executa e elimina as demais.

Em outras palavras, fazer o que é importante e deixar o resto de lado é aplicar a regra 80/20: identifique 20% das atividades que trazem 80% dos resultados; execute esses 20%, abandone a necessidade de obter 100% dos resultados e que tudo esteja perfeito; e liberar tempo para fazer outras coisas importantes 🙂

Como fazer meu próprio negócio e mantê-lo envolve a realização de uma infinidade de tarefas, esse pode ter sido um dos hábitos que me custaram mais trabalho a ser realizado. No final, você aprende a delegar, a deixar ir e a saber que você não é um robô capaz de fazer tudo.

Para exercer esse hábito, você deve sempre se concentrar nesses 20% e deixar de lado quando necessário. Também é muito útil sistematizar, isto é, criar sistemas que podemos automatizar (quase tudo pode ser automatizado e há aplicativos para o que você pode imaginar).

# 8 Simplifique

O empresário sabe o que é essencial e não precisa de objetos, roupas ou móveis em excesso. Ele sabe como eliminar o que não é importante e se concentrar no que é.

Assim como o hábito anterior era fazer o importante é isso ter somente o essencial. Simplificando o material, nos libertamos da necessidade de ter e acumular, e somos, seja qual for a redundância, muito mais livres.

Também oferece a capacidade de construir sem grande capital inicial.

Encolher e digitalizar são duas maneiras de simplificar seus pertences e obter mais liberdade. Muitos aspectos podem ser reduzidos: espaços, móveis, decorações, papéis, livros, roupas. E se, além de reduzir, você digitaliza, está oficialmente livre.

Leia Também  Por que você faz o que faz ou de onde vêm as crenças que governam sua vida?

Você pode até levar sua casa em uma mochila e se concentrar mais em viver do que em ter!

# 9 Spark para começar

O empreendedor escolhe seus negócios com base no que ele é apaixonado, em seus talentos e nos problemas que ele pode resolver, sempre consistente com suas crenças.

Esse hábito é baseado em uma verdade fundamental: quando fazemos algo que gostamos e naturalmente somos bons, desfrutamos mais e, logicamente, melhor e com mais energia. A canalização de um projeto para as necessidades de outras pessoas permite que você se profissionalize e viva dele, e graças a isso, você pode continuar a melhorar e crescer.

Criar um negócio focado em tirar proveito de seus talentos, o que o excita e como ajudar os outros é o que chamamos de “a partir do seu Spark” (aqui Guia 3 para encontrar o seu Spark).

# 10 Comunique-se claramente

O empreendedor sabe como comunicar suas idéias e se conectar com os outros, para que eles entendam quais problemas ele resolve e que valor ele traz.

Comunicar o valor que oferecemos é essencial para gerar receita com o seu negócio: não apenas você tem um valor para contribuir, mas também consegue comunicá-lo claramente.

Conectar-se com outras pessoas e criar um ambiente que o favorece também é importante, não em termos de trabalho em rede, em termos de inspiração, apoio e amizade. Ter um grupo de pessoas para nos acompanhar e que está buscando objetivos semelhantes é essencial para persistir e acelerar algumas etapas. E eles quase sempre se tornam bons amigos 🙂

Existem muitas maneiras de melhorar a forma como nos comunicamos com outras pessoas, sejam elas clientes ou amigos. Mas o mais importante é sempre ser honesto e vulnerável, procurar criar links e ouvir.

***

Um ano se passou.

Hoje me dedico 100% a um projeto que me excita, que desfruto todos os dias, que me permite trabalhar de qualquer lugar e ter um impacto positivo na vida de muitas pessoas em todo o mundo.

Desde que mudamos o foco e focamos no desenvolvimento dos hábitos certos primeiro, consegui muito mais do que nos dois anos com o projeto anterior. E eu também aproveitei todos os dias e todas as etapas do processo.

Agora eu posso ter “escritórios de trabalho” em lugares diferentes. Este é o meu favorito: durante uma viagem de trem de 28 horas!

Agora, minha missão é compartilhar essas idéias com aqueles que desejam iniciar seus empreendimentos, mas estão presos a projetos que não os excitam, a empregos exigentes e menos emocionantes ou a carreiras que eles não gostam.

Empreendedorismo não é fácil, mas o que é? No entanto, se o focarmos de dentro para fora, fica muito mais simples.

Empreendedorismo é simples, porque se trata de começar com hábitos

Isso é algo que eles nunca nos dizem. Ao contrário! Na universidade, em casa ou no trabalho, eles não nos ensinam a importância dos hábitos, não nos dizem o que os grandes empreendedores que vemos na televisão ou nas revistas fazem todos os dias quando se levantam.

Muitos, apesar de não terem experiência em empreender, nos convencem de que ter um negócio próprio é algo muito complexo e reservado para quem tem certos recursos, contatos ou conhecimento técnico. Eles nos enchem de medo.

Estou lhe dizendo: para iniciar seu negócio e obter a liberdade que você deseja, comece com seus hábitos.

Esses hábitos são os 10 bons hábitos que me levam a alcançar meus objetivos, e sem eles eu não seria nada. Empreender sem hábitos é como tentar correr sem saber andar.

Não se preocupe com técnicas, isso vem depois. Técnicas sem hábitos não o levarão muito longe. Saber muito sobre design sem ter uma proposta de valor não faz sentido. Você terá um blog muito bom, mas nada a oferecer aos outros.

O empreendedorismo é aprendido pela empresa. Depois de darmos o primeiro passo, o que se segue é cometer erros, aprender, melhorar. E a partir daí tudo é crescimento.

É uma maneira unidirecional: uma vez iniciado, você não desejará voltar à rotina anterior 😉

***

Muito obrigado, Angel, por este belo espaço em seu site! Sou leitor do VAM há muito tempo e tenho o prazer de poder escrever e compartilhar essas idéias com outros leitores.

Tenho certeza de que todas são pessoas ativas que têm projetos fantásticos em mãos ou que os salvaram e que a partir de hoje eles os iniciarão (essa é minha grande esperança!).

Agora paro de falar e mal posso esperar para ouvi-los!

Continuamos conversando nos comentários ou estarei esperando na minha caixa de entrada com prazer – lucia (at) superhabitos.com – ou por Salta para compartilhar algumas empanadas deliciosas 😉

Um abraço forte!
Lu.-

###

LU: Eu não quero sair sem antes deixar um guia sobre como começar a exercitar esses hábitos de uma maneira mais concreta, para que você possa começar agora. Você pode baixá-lo gratuitamente aqui. É um presente 🙂

(1 Avaliações, média: 5)

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br