33 Hacks Infalíveis de Neuromarketing aplicados à CONVERSÃO e SEO

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br


Conseguir que nossos usuários realizem ações em nosso site pode ser uma tarefa complicada. No entanto, existem certas estratégias de neuromarketing que podem nos ajudar a entender melhor como nossos clientes pensam e interagem com determinados conteúdos. Mas como podemos usar essas estratégias em um nível prático para aumentar as conversões?

No dia 14 de abril de 2018 celebramos a 2ª edição do evento PRO Marketing DAY, organizado por Aula CM, no qual tivemos a presença de mais de 20 especialistas do setor que abordaram as questões mais atuais em Marketing Digital. .

Entre eles, tivemos a presença de Ernesto G. Bustamante, especialista em WordPress, SEO e Marketing de Conteúdo, que mostrou 33 hacks de neuromarketing aplicados à Conversão e SEO, acompanhados de exemplos reais.

Aqui deixamos a conferência completa:

dicas de neuromarketing33 Neuromarketing Hacks aplicados à conversão, CRO e SEO

Em uma tentativa de se conectar melhor com as mentes irracionais dos compradores, muitas dessas técnicas foram usadas na publicidade tradicional e agora também no mundo online.

A maneira como pesquisamos no Google, como escolhemos a melhor resposta do mecanismo de pesquisa, tem muito a ver com essa irracionalidade. Portanto, o posicionamento na web Tem muito a aproveitar as atitudes dos usuários.

Mas onde podemos definitivamente jogar melhor com esses elementos psicológicos está na nossa estratégia CRO. Como no mundo físico, os consumidores repetem suas atitudes tendenciosas no processo de compra e interação nos sites. Agimos com a mesma irracionalidade tanto no corredor de um supermercado quanto em um site que vamos comprar.

Entender como esses vieses cognitivos funcionam e como reagimos a certos estímulos irá ajudá-lo aumentar suas conversões.

1. Ancoragem

Este efeito refere-se à tendência de ser carregado demais pelo primeira impressão e condicionar nossa visão do futuro de acordo com essa impressão. Ou seja, nossa mente atribui uma importância excessiva à primeira informação que recebemos e então valorizamos com base nessa primeira informação.

Use títulos, imagens e vídeos poderosos.

Impacta o usuário em suas páginas de destino com mensagens ou interações poderosas. (Você está em boas mãos / Multiplique sua marca por 10)

Você pode aludir a perguntas que já existem na mente do usuário. (Você quer mais leads, você quer mais usuários …)

Neuromarketing aplicado à conversão

2. Efeito de autoridade

Nós tendemos a dar credibilidade a tudo o que vem apoiado por um figura de autoridade ou uma comunidade de usuários (Prem, reconhecimentos, etc). Aqui estão algumas ações úteis para aproveitar o efeito Autoridade:

Fazer influenciadores Marketing

Use prescritores do seu setor.

Mostre popularidade, apoie sua marca.

Dê visibilidade aos prestigiados prêmios que garantem sua marca.

Neuromarketing aplicado à conversão, SEO e CRO

3. Cachoeira de disponibilidade

Quanto mais uma ideia é reafirmada e ocorrem eventos que a reforçam, mais efetivamente ela penetra na mente do usuário.

Tenha em mente estas dicas:

Trabalhe melhor seu conteúdo, copie, projete e melhore a visibilidade.

Crie campanhas muito virais que fazem com que você fique muito tempo na boca das pessoas

Um bom exemplo é a campanha Oreo Daily Twist, que tem muito envolvimento.

4. efeito Backfire

Às vezes, um usuário recebe informações racionais que negam suas crenças e, mesmo assim, reafirma mais nelas. Muitas vezes, essas mensagens de fora, longe de nos convencer, nós reafirmar sobre o nosso idéias iniciais. Geralmente acontece com opiniões políticas.

Uma maneira de aproveitar esse viés é detectar o prejuízo que o usuário tem e trabalhar a partir daí.

Não é difícil encontrar páginas de destino que sejam reproduzidas com esse recurso. A ideia principal é dar a razão para o usuário, reforçar esse preconceito para chamar sua atenção e, a partir daí, tentar convencê-lo do contrário e, assim, melhorar a conversão.

Neuromarketing aplicado à conversão, SEO e CRO

5. A importância do resultado

Os usuários geralmente valorizam a qualidade ou a importância de algo com base em números ou resultados. Os resultados podem ser garantidos com palavras, mas as figuras ajudam para melhorar a conversão muito mais.

Inclui números que garantem que seu serviço é bom para nossos usuários:

Neuromarketing aplicado à conversão, SEO e CRO

Você sabia que o neuromarcador define 3 tipos de cérebros? Se você quiser se aprofundar mais nas técnicas de Neuromarketing, recomendo este Guia que inclui estratégias e exemplos de casos reais:

Guia de Neuromarketing: 20 estratégias que funcionam e exemplos

6. O efeito da tendência

As pessoas estão mais dispostas a consumir o que os outros consomem e a pensar no que os influenciadores pensam. Por exemplo:

Detectar os influenciadores do seu setor e tentar influenciar suas comunidades.

Adicione prova social na forma de números e depoimentos nas áreas de atrito, formas de conversão, vendas, etc.

Adicione depoimentos e divulgue-os de alguma forma (link para redes sociais)

Em SEO, as estrelas da avaliação mostram que vários usuários endossaram a qualidade de um conteúdo.

Neuromarketing aplicado à conversão

7. Viés de credibilidade

Um dos elementos que faz o consumidor duvidar mais é o preço. Muitas vezes, quando é muito baixo, os usuários desconfiam e param de comprar.

Se um argumento parece bom demais para ser verdade, então podemos vê-lo falso, desconfiamos dele.

Quando seus preços são mais baixos que os do mercado, justifique porque Sim é necessário. Você pode não ter uma série de despesas que lhe permitam uma margem de preço diferente da concorrência (nenhuma loja física, menos intermediários, etc.). Se esse for o caso e você perceber que isso é benéfico para sua empresa, informe seus usuários.

8. Comparação

Usuários constantemente comparam e tiram suas próprias conclusões.

Aproveite este viés para otimizar suas SERPs. Podemos aproveitar esse comportamento, por exemplo, ao projetar nossas meta descrições. Bons títulos, adicionando elementos como rich snippets, estrelas de avaliação e tudo o que faz a nossa SERP é impressionante.

Neuromarketing aplicado seo e conversão

9. efeito de espelho

Esse efeito faz quando vemos alguém fazendo algo, imaginamos a nós mesmos fazendo isso.

Um dos elementos mais difundidos do neuromarketing são os neurônios-espelho. Devido ao seu funcionamento, quando vemos alguém fazendo algo, inconscientemente nos imaginamos na mesma situação.

Mostre seu produto ou serviço em ação. Ele mostra uma pessoa curtindo seus serviços ou produtos por meio de fotos ou vídeos. Peça que o usuário visualize a si mesmo usando esse serviço ou produto.

Ir para contar histórias; crie uma história onde o protagonista se parece muito com o usuário ou tem suas mesmas necessidades. Desta forma, você se sentirá identificado. O importante é gerar empatia no usuário.


No momento da venda, mostre seus produtos / serviços sendo usados ​​por outras pessoas. Você vai melhorar sua conversão #CRO
Clique para Tweet


10. Necessidade de resolver problemas

Uma grande porcentagem de usuários compra algo para resolver um problema ou qualquer coisa que eles identifiquem como tal.

Esta é precisamente a raiz do marketing: as marcas estão disponíveis para o usuário ajudar a resolver seus problemas. Não é sobre você, seu produto, mas sobre como você vai ajudar seu cliente para satisfazer uma necessidade.

Lembre-o do seu problema, diga-lhe que você entende e mostre a ele como você pode ajudá-lo.

Neuromarketing aplicado à conversão, SEO e CRO

11. Precisa fazer parte de uma comunidade

Nós tendemos a querer nos encaixar em um grupo, gostamos de fazer parte de uma comunidade. Além de uma preferência racional, parece que mantemos no cérebro precisa fazer parte de um rebanho. de um grupo comum.

Muitos blogueiros se voltam para essa reação humana e a usam no copywriting de seu pop-up para atrair assinantes.

Neuromarketing aplicado à conversão, SEO e CRO

12. efeito de contraste

A redução na percepção de algo quando comparado com outro elemento que contrasta fortemente.

Os planos de preços de muitas páginas da web tiram proveito desse viés. Eles propõem ao usuário três planos alternativos e tentam fazer com que um deles se destaque dos demais.

A cor é um elemento que dá muita importância a esse respeito quando se trata de destacar um dos planos. Você também pode ajudar o tamanho ou o texto como "Opção mais valorizada pelos usuários".

A conversão funciona muito melhor quando comparar entre 3 opções e não tanto quando damos ao usuário uma escolha entre A ou B.

Neuromarketing aplicado à conversão, SEO e CRO

13. Reciprocidade

Nós tendemos a corresponder quando nos sentimos beneficiados. Esta é uma ótima notícia para os criadores de conteúdo. Muitas vezes queremos viralizar o conteúdo, espalhá-lo, alcançar mais pessoas.

A melhor maneira de conseguir isso é criando conteúdo de qualidade, que ajuda o usuário, que contribui com valor. Possivelmente, em reciprocidade, esse usuário compartilha voluntariamente nosso conteúdo, recomenda-o por meio de links ou menções.

No entanto, devemos ter em mente que, se o usuário considerar que o preço a pagar é muito alto, ele não o pagará.

Esse viés se aplica muito quando se trata de obter clientes on-line. Quando se trata de capturar leads em troca de conteúdo valioso, vamos criar formas simples que não envolvam um esforço pelo possível lead.


Se você criar conteúdo de qualidade, que agregue valor ao usuário e ajude, o usuário recompensará seu trabalho
Clique para Tweet


14. efeito Halo

Consiste em atribuir uma característica geral a algo a partir de um único detalhe. Ou seja, de um único elemento (geralmente visual) inferimos muitas outras características. Nós os associamos automaticamente, da mesma forma que associamos o belo ao bom.

Tem sido amplamente utilizado em publicidade ao colocar figuras confiáveis ​​e personagens famosos, como face dos nossos produtos.

15. A ofensa do conhecimento

Finja falar com seus usuários como se fossem você, em um nível técnico ou elevado, sem pensar que eles não são como você ou falam como você. Mais uma vez, não é sobre você, mas sobre seu cliente ou público.

Se o seu usuário não fala seu idioma técnico, crie um conteúdo mais próximo e compreensível.

Tenha isso em mente ao projetar sua estratégia de comunicação, sua cópia e seu design.

Como vemos neste exemplo, Ensalza está se conectando com um empreendedor que precisa de seus serviços da Web, que não lida com o vocabulário do meio. Você não precisa se conectar com web designers, porque não é o seu alvo, se for, você poderia usar uma terminologia mais específica.

Neuromarketing aplicado à conversão, SEO e CRO

16. Empatia

Os usuários reagem muito bem quando tratados com empatia. As marcas devem fazer um exercício de se colocar no lugar dos consumidores.

Quanto mais empatia, mais fácil será se conectar.

É importante transmitir essa conexão e empatia em nossas imagens, vídeos, textos e até mesmo em pequenos elementos, como um botão de assinatura.

17. Memória sensorial icônica

É a memória imediata baseada em estímulos visuais. É um componente do sistema de memória visual, que também inclui memória visual de curto prazo e memória de longo prazo.

Vamos tornar as landing pages tão impressionantes visualmente que elas permanecem na memória do usuário.

Neuromarketing aplicado à conversão, SEO e CRO

18. Efeito Primacy

Nós prestamos muita atenção à primeira informação recebida sobre algo. Ou seja, antes de uma lista ou elementos tendem a lembrar melhor o primeiro elemento e o último.

Isso se aplica a um catálogo de produtos ou ao texto de uma página da web. Vamos apostar páginas de destino que nada mais para entrar surpreenda o usuário, impactá-lo.

Funciona também por preços. Webs gostam Reservas Eles costumam lançar um primeiro preço que eles tendem a diminuir. No entanto, o usuário mantém esse primeiro preço como "o preço real". A seguir, todos os descontos e descontos que melhoram a conversão.

19. Tendência à satisfação imediata

O cérebro tende a buscar a recompensa o mais rápido possível e da maneira mais simples possível.

Nos seus sites, reduz o tempo e a distância para recompensara. Como vemos neste exemplo, assim que aterrissar, estamos nos oferecendo uma solução.

Neuromarketing aplicado à conversão, SEO e CRO

20. Tendência para reduzir a incerteza

O cérebro tende a querer a segurança ou a certeza de algo o mais rápido possível. Ajude seus clientes a resolver o mais rapidamente possível o que lhes causa preocupação.

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br

Em face da criação de conteúdo e posicionamento na web, podemos trabalhar SERPS aproveitando esse viés. Por exemplo, você pode aumentar um pergunta no título e mostre o solução para essa pergunta por conta própria meta descrição do artigo

Se o usuário vê que dentro do artigo é a solução para o que ele tem que resolver, ele vai clicar no seu post.

Neuromarketing aplicado a seo e conversão

21. Ilusão de controle / escolha

O cérebro envia sinais de bem-estar quando você sente que tem o controle ou a liberdade de fazer o que quiser. Faça o seu usuário sentir que ele tem o controle da situação, que é livre para escolher.

Envie perguntas para o usuário do seu site em um tom que o torne o protagonista:

O que você quer melhorar em seu serviço?

Quando você deseja atingir sua próxima meta de vendas?

Em que horas você deseja alcançar 20.000 inscritos em seu canal do YouTube?

22. efeito Marco

Dependendo de como a informação é apresentada, diferentes conclusões podem ser tiradas. Dentro de uma web existem muitos aspectos que podemos otimizar de acordo com este "framework". Tente dar o versão mais positiva da informação.

A maneira como você apresenta sua proposta de valor é tão importante quanto o valor real de sua proposta. Por exemplo:

É melhor "75% dos usuários obtê-lo" versus "Apenas 25% dos usuários não entendem"

Se você pretende apresentar preços, é melhor fazê-lo mensalmente e não anualmente. Certifique-se de que a figura tenha a melhor aparência possível. É melhor 199, do que 200.

Se você pretende enviar formulários extensos, faça isso passo a passo, para que a primeira impressão do usuário não seja negativa.

Neuromarketing aplicado à conversão, SEO e CRO

23. Precisa tocar no produto

Existem mais possibilidades de venda se o usuário puder tocar no produto e sentir que ele está em suas mãos. Isso funciona principalmente para comércio eletrônico.

Para trazer o comprador o mais próximo possível do produto, faça isso ser tão tangível quanto possível. Webs de produtos como Canon, Sony ou Nike são bons exemplos de como fazer isso corretamente. Ao criar este tipo de conteúdo:

Crie imagens grandes

360 rodadas

Imagens mapeadas

Inclua vídeos ou áudios se o perfil do seu produto exigir

Neuromarketing aplicado à conversão, SEO e CRO

24. Racionalização pós-compra

É a tendência de justificar a compra depois de ter passado por argumentos racionais. Pagar nos machuca. Quando pagamos, a área da dor do cérebro é ativada.

Ajude seu usuário a reduzir essa dor.

Coloque críticas ricas (Rich Snippets)

Reforce as vantagens do produto que você comprou

Envie um e-mail pós-compra com mais informações

25. Atenção (mera exposição)

Nós prestamos mais atenção ao nosso pensamentos recorrentes, para as nossas ideias, reforçadas ao longo do tempo.

Pense na sua marca a longo prazo, com uma visão global, você não se atenha a campanhas isoladas e não relacionadas. Tente que sua marca esteja sempre presente de forma positiva nas mentes dos consumidores. Faça campanhas de redirecionamento, crie eventos … etc.

Neuromarketing aplicado à conversão, SEO e CRO

26. Efeito de Confiança / Familiaridade

Um usuário não converte se ele não confia na marca. Incorpore elementos de segurança na Web, mostre a eles que é um site seguro, dê garantias para concluir a conversão.

Você pode incorporar certificados de segurança, qualquer tipo de logotipo ou banner estimular a confiança no momento da compra e eliminar qualquer insegurança ou medo do usuário.

Neuromarketing aplicado à conversão, SEO e CRO

27. Adiamento da compra

Há uma dificuldade em consumar o ato de compra devido à despesa ou à importante tomada de decisão que isso supõe.

Muitas vezes as pessoas entram no comércio eletrônico, selecionam itens e as deixam no carrinho. Eles podem conscientemente considerar que não vão comprar esse produto, no entanto, eles já deram um passo, eles já declararam intenções.

Ative seu website de comércio eletrônico, uma opção "compre depois"Então você tem esse carrinho em mãos mais tarde quando estiver pronto para fechar a compra.

Neuromarketing aplicado à conversão, SEO e CRO

28. O viés da última unidade.

Esse viés refere-se à tendência de querer consumir as últimas partes ou unidades de um todo.

Este pode ser um dos vieses mais comuns e fáceis de encontrar. É muito útil na reserva de páginas como o Booking.com e várias lojas online.

Um aviso de "últimas 3 unidades"Em vermelho, pode ser muito persuasivo e fazer com que o cliente decida fechar a compra on-line por medo de ficar sem ele.

29. Urgência do efeito

De mãos dadas com a anterior, há o efeito de urgência, que é a tendência a querer consumir algo se houver pouco tempo para fazê-lo porque "a oferta acabou"

Ou seja, se no viés anterior, o fator determinante foi uma última unidade, aqui é o tempo.

Além da cor – geralmente vermelho – ou da tipografia, você pode incluir outros elementos que reforçam a sensação de urgência. Este é o caso de contadores, contagens regressivas, etc.

Neuromarketing aplicado à conversão e SEO

30. Impaciência

É a tendência de querer ter o que você comprou o mais rápido possível. Isso se aplica principalmente ao comércio eletrônico, porque nas lojas físicas temos tudo o que compramos no local.

Esse lapso de tempo entre a compra ocorre até que o cliente realmente receba o produto, é desconfortável. Isso gera uma certa angústia ou ansiedade.

Para mitigar esse sentimento de desconforto no usuário é importante cumprir prazos de entrega. Devemos também explorar qualquer rota que reduza o tempo de entrega (nós entregamos a você no dia, em duas horas, etc)

Amazon faz bom uso da "impaciência"; Os usuários principais geralmente recebem suas compras no mesmo dia.

31. Contexto

Esse viés trata essa percepção depende do contexto, momento e lugar. O contexto pode evocar emoções e desejos. O contexto pode gerar emoções e desejos.

Empresas como Apenas coma Eles jogam com esse efeito muito a seu favor e facilita a criação desse contexto. Eles têm um produto que obviamente não é para consumo diário. É um alvo que compra em ocasiões especiais (festas, reuniões de amigos, etc.)

Como estratégia, a marca aproveite os grandes eventos (festas, aniversários, etc) e enviar notificações com seus lembretes desejando-lhe o melhor e enviar-lhe um desconto para a noite do evento.

32. Necessidade de Simplificação

O cérebro tenta simplificar todos os processos e trabalhar o mínimo necessário para economizar energia.

Por exemplo, persuadir seu alvo sobre como é fácil obter seu produto ou serviço, facilitar a tarefa … etc.

Neuromarketing aplicado à conversão e SEO

33. Efeito Humor

Mensagens que incluem humor podem ser lembradas mais e podem impactar mais, pois atraem muito mais atenção. O riso produz endorfinas, ativa a parte do cérebro que reconhece o prazer.

Por essa razão, é sempre bom incluir humor em nossos textos ou imagens.

Neuromarketing aplicado à conversão e SEO

ferramentas de análise de seo Analise o conteúdo do seu site a partir do Neuromarketing

O cérebro processa imagens a uma velocidade de 0,013 segundos. Leva apenas 0,03 segundos no processamento do significado das palavras e apenas 0,05 segundos no processamento da primeira impressão que uma Web produz. Tudo isso nos obriga a persuadir e convencer rápido, efetivamente e sem desvios.

Ernesto G. Bustamante desenvolveu 3 "neuroauditories" que são aplicáveis ​​a SERPs, Landing Pages e produtos. Você pode baixá-los em:

👉 https://bit.ly/neuroauditorias 👈

Com a ajuda deste documento, você poderá auditar o conteúdo da web e analisar se eles contêm.

Você quer participar do PRO Marketing DAY?

logotipos de promarketingday finais-07Se você não pôde participar da reunião realizada em abril de 2018, tenha cuidado, pois voltamos com mais trabalhos, mais exercícios práticos em tempo real e mais estratégias de marketing online.

Vá para o PRO Marketing DAY

Patrocinadores do PRO Marketing Day:

Webempresa, uma hospedagem confiável e segura. Eles são especializados em WordPress, Joomla! e PrestaShop, tem medidas anti-hacking, backups a cada 4 horas e também com um serviço gratuito de otimização de imagem.

Mais artigos sobre o PRO Marketing DAY

  • 55 ideias e dicas de referências de marketing no PRO Marketing DAY 2018
  • Os 3 pilares mais importantes do Marketing Emocional para uma marca
  • 14 ações criativas e eficazes para otimizar as campanhas de publicidade on-line
  • Como inovar em Marketing de Conteúdo, com Lucas García
  • Como criar testes A / B com o Google Optimize para melhorar a conversão

A entrada 33 Infallible Hacks of Neuromarketing aplicada a CONVERSION e SEO aparece em primeiro lugar.

Textos que podem interessar:

Faça do trabalho de casa compatível com sua vida

Junte-se a Ganha Dinheiro Escrevendo – SW — Ganhe Dinheiro Escrevendo

8 Maneiras Simples para Corrigir o Seu Problema de fluxo de caixa

Um guia abrangente para o conteúdo Evergreen

 The Addictive Online Games Market

Nuvem Downloader – código-bude.net

Do site do passatempo ao trabalho autônomo – experiências, dicas e ideias

Engenharia automóvel: Emprego e carreira na indústria automobilística

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br