O que é um coordenador de publicidade digital e quais são suas principais funções?

O que é um coordenador de publicidade digital e quais são suas funções?

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br


O que é um coordenador de publicidade digital e quais são suas principais funções?

Você já ouviu falar da nova profissão da Trafficker Digital? Deseja saber o que exatamente as pessoas que fazem isso fazem? Bem, se esse tópico for do seu interesse, fique até o fim, porque hoje vou lhe contar tudo sobre esses profissionais e vou descobrir quais áreas do mundo digital você deve dominar para ser uma delas.

Nos últimos tempos, tem havido muita conversa sobre eles na mídia on-line, embora muito poucos sejam mais ou menos claros sobre suas funções. Como, como acontece com a maioria das novas profissões nascidas graças à crescente transformação digital atual, é preciso um pouco para elas ganharem um rápido reconhecimento na sociedade.

Por tudo isso, e como digo, é importante que você saiba que essa é uma profissão ou especialidade um tanto complexa, que requer domínio de várias técnicas e facetas de publicidade e marketing digital em geral. Antes de entrar em detalhes, Começamos analisando sua definição?

Menu temático de conteúdo

O que é um coordenador de publicidade digital?


Um Trafficker digital o Traffic Manager, é responsável pelo planejamento, gerenciamento e análise de campanhas publicitárias na Internet realizadas por uma marca. Sua principal função é comparar o tráfego de qualidade, com o objetivo de obter as maiores conversões com o menor investimento possível.

Sua figura, no horizonte profissional, é uma das mais procuradas atualmente. E esse perfil pode ser especializado em um ou vários ramos da publicidade on-line e deve ter conhecimento das mais recentes técnicas e ferramentas de Marketing na Internet, das quais iremos adiante.

Dessa maneira, um coordenador de publicidade digital pode projetar ou otimizar uma estratégia de publicidade de acordo com as características da empresa e seu nicho de mercado, o orçamento existente e o público-alvo da marca, seja do B2B (empresa para empresa) ou B2C (empresa a pessoa).

O que é um coordenador de publicidade digital e qual o seu papel?


A função desse profissional é gerenciamento de publicidade paga de um produto ou serviço, como mencionei anteriormente.

Além disso, você precisa pensar de forma criativa, para transmitir a mensagem da marca aos clientes em potencial.

Os seguintes pontos estão nos quais esse profissional mais influencia:

»Plano

Esta área é a base de toda a estratégia.

Aqui você deve pensar na persona do comprador (cliente ideal), jornada do cliente (jornada ideal do cliente), canais de distribuição (redes sociais, rede de pesquisa / rede de display) etc.

»Implementar

Depois de pensar na estratégia e selecionar os diferentes canais, é hora de executá-la, levando em consideração o orçamento.

»Medida

Não adianta montar uma boa estratégia e não medir, o que é um grande erro.

Se não medirmos, não saberemos se a campanha está atingindo os objetivos ou se está indo muito mal e tomamos medidas para melhorar esse problema.

»Otimizar

Permite-nos tomar decisões sobre desempenho da campanha, como fazer alterações na arte gráfica ou na cópia, aumentar ou diminuir o orçamento ou tentar outra segmentação.

Jose Facchin - Guia de e-livros Palavras-chave

Que tipos de coordenador de publicidade digital existem?


Todos gostamos de nos especializar em algo específico, o mesmo acontece com esse profissional, que pode ser especialista em uma única especialidade ou conhecer um pouco de todos eles, por isso vou mencionar os tipos que existem.

1) Especialista em mídia social do Trafficker digital

Essa tipologia possui um entendimento profundo do uso de anúncios (publicidade paga) em diferentes canais sociais, como:

Dessa forma, você pode saber quais canais usar para a execução da campanha, com base no cliente ideal e no tipo de produto ou serviço.

2) Especializado em anúncios do Google

Esse tipo de coordenador de publicidade digital domina os anúncios pagos publicados no Google, tem o conhecimento necessário para estudar e selecionar as palavras-chave que ativarão o anúncio, além de conhecer remarketing e redirecionamento.

»Você também está interessado em ler:

3) Especializado em infoprodutos

Infoproducts são produtos digitais que buscam transmitir conhecimento ou uma ideia. Podem ser e-books, cursos etc.

O profissional desse ramo tem muita criatividade ao montar esses tipos de estratégias, para que as vendas desses produtos tenham resultados bem-sucedidos em um mercado altamente competitivo.

4) Especializado em funis de automação e vendas

Os funis automatizados que, através das fases da jornada do cliente, nos ajudam a transformar visitantes em clientes e depois facilitam a retenção deles, são uma das técnicas de marketing mais usadas atualmente.

A função desse profissional é manter um fluxo constante de tráfego de qualidade, graças a uma boa segmentação de público, para alimentar todas as diferentes estepes desses funis de vendas automatizados.

5) Especialista em publicidade digital do Trafficker

Nesse caso, você deve fazer um estudo dos produtos vendidos na loja online para planejar uma boa estratégia que gere mais vendas.

Note-se que o preço dos produtos pode fazer a estratégia variar um pouco (se forem produtos baratos ou caros).

6) Especialista em negócios locais

Como nos pontos mencionados, o Trafficker é responsável, entre outras tarefas, por fazer um estudo detalhado da loja para criar uma estratégia poderosa e atrair clientes em potencial.

Essas empresas podem ser restaurantes, cafeterias ou apenas uma loja de acessórios pessoais ou suprimentos domésticos.

O que faz um trafficker digital e quais são suas funções?


O que faz um trafficker digital e quais são suas funções?

Se sua intenção é contratar ou se tornar um deles, você precisa saber o que esse profissional faz e quais funções ele desempenha:

1. Auditoria interna e externa

Uma auditoria nos ajuda a saber como estamos nos saindo, em comparação com a nossa campanha e a concorrência.

Essa auditoria interna é baseada no análise dos fatores usados ​​em uma campanha postar, para ver o que funcionou e o que não funcionou, como o funil de vendas, metas, anúncios etc.

A auditoria externa é baseada na análise dos fatores utilizados pela concorrência, como o funil de vendas, anúncios, segmentação e palavras-chave.

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br

2. Desenho e organização da estratégia

O Trafficker Digital deve ser capaz de montar uma estratégia de acordo com os objetivos da empresa e de acordo com a personalidade do comprador, selecionando os canais apropriados para sua execução.

Isso deve ser estruturado com base no funil de vendas ou funil de acordo com o produto ou serviço. O funil serve como um guia para saber como podemos proceder em cada estágio da jornada ideal do cliente.

As etapas do funil são classificadas em três:

  • Conhecimento: Queremos que nossa marca seja conhecida por nosso público-alvo.
  • Consideração: Aqui queremos que o usuário execute uma ação, como ir ao nosso site ou baixar nosso aplicativo.
  • Conversão: Nele, queremos que o usuário gere uma conversão que seja benéfica para os negócios.

Com todos esses pontos em mente, o Trafficker Digital deve fazer um planejamento muito exaustivo da estratégia em cada etapa do funil.

3. Crie as campanhas

Uma vez que o Trafficker Digital tenha uma estratégia bem armada e objetivos estabelecidos. É hora de começar com a criação da campanha.

Cada canal de distribuição tem uma maneira de trabalhar e um tipo de público, portanto deve ser segmentado para que possa atingir o cliente-alvo.

Tudo o que resta é gerar os anúncios e as cópias fazendo testes A / B para ver qual deles tem mais resultados.

4. Estudo da campanha e otimização

Dependendo do tipo de campanha e da parte do funil de vendas, é muito importante que o Trafficker Digital saiba quais métricas devem ser observadas para sua análise.

Há muita diferença entre as métricas de uma campanha:

  • “Escopo”
  • “Consideração”
  • “Conversão”

Portanto, se você quiser se dedicar a essa profissão, deve ser muito claro sobre isso.

Também é necessário que você tenha conhecimento de outras ferramentas que o ajudarão muito com a estratégia, pois elas oferecem mais versatilidade em uma campanha e são necessárias.

Uma ferramenta de análise da web (por exemplo, Google Analytics), você pode nos ajudar a saber como uma campanha está se desenvolvendo com base nas métricas obtidas.

Isso nos permite alterar o plano de ação no meio de uma campanha que não está indo muito bem ou verificar se uma campanha está obtendo os resultados esperados.

Outro conhecimento que será muito útil para nós é o Email Marketing, porque em uma parte do nosso funil podemos enviar um email persuasivo ao cliente em potencial para gerar uma conversão.

Para otimizar uma campanha, basta observe seu desempenho e veja quais fatores estão funcionando e aqueles que não. Dessa forma, podemos tomar decisões a tempo e, por exemplo, excluir ou alterar um anúncio que não está gerando resultado.

5. Informar o cliente

No final da campanha, teremos que fazer um documento com todas as informações coletadas das métricas. É aconselhável que você mostre apenas o que o cliente deseja ver.

E, como esperado, o cliente só se preocupará se a campanha foi bem-sucedida ou não.

Dicas para trabalhar como coordenador de publicidade digital


Suponho que, neste ponto do post, você já esteja mais interessado em ser um profissional dessa natureza. Nesse caso, vou lhe dar alguns conselhos para tomar nota:

1. Domínio dos canais de distribuição

Como já mencionamos ao longo deste post, se você deseja ser um trafficker digital, precisa conhecer todas as ferramentas de publicidade de cada canal de distribuição.

Como nem todos os clientes são iguais, cada um tem um certo tipo de lead-alvo e isso é refletido em cada canal. No entanto, é aconselhável testar em vários canais, para ver se você tem um resultado.

2. Você deve avaliar suas campanhas

Além de saber como usar todos os anúncios, é recomendável que você aprenda a usar ferramentas de avaliação, pois elas fornecerão os resultados de suas campanhas e, dessa forma, você poderá otimizar.

Além disso, você não estará lançando uma campanha às cegas, porque provavelmente falhará por não medir. E lembre-se, se você não medir, não poderá otimizar.

3. Você tem que ser autodidata

Nunca é demais aprender sobre outras áreas que podem ajudá-lo a obter um melhor resultado. Como o Email Marketing, que o servirá bem para campanhas de remarketing e retargeting.

Saiba um pouco sobre cópia, edição de vídeo e design gráfico para criar bons anúncios.

Não quero dizer que você também deva ser um profissional nesses assuntos, mas deve ter um conhecimento básico para poder se defender ou entender as necessidades da estratégia.

De qualquer forma, embora você também possa contratar um consultor externo para questões de design ou cópia, saber um pouco de tudo (fora de sua especialização) se destacará muito do restante do Digital Trafficker.

4. Faça testes A / B

É recomendável que você tenha 2 versões de um anúncio em cada campanha. Isto Isso ajudará você a saber qual deles tem mais resultados de acordo com o objetivo definido para esses anúncios.

Além disso, você pode excluir ou pausar o anúncio que não está gerando o resultado esperado.

5. Mostre seu trabalho

No começo, é um pouco difícil conseguir clientes (digo isso por experiência própria), mas uma boa maneira é demonstrar o que você sabe fazer. Para que eles possam ver os resultados obtidos e você atraia a atenção dos clientes, uma boa prática é investir em seu próprio blog e se anunciar.

Os resultados obtidos podem servir como mostre o que você sabe fazer e mostre que você tem autoridade sobre o assunto. A idéia é que você construa seu próprio portfólio, para mostrá-lo ao mundo.

Mestrado Online em Marketing Digital

Conclusão

Agora, com tudo o que já foi mencionado, você sabe o que significa ser um trafficker digital. Com essas informações, você pode optar por contratar um especialista em uma área específica adequada ao seu negócio.

Pode ser um profissional para campanhas em redes sociais, Google, infoprodutos, comércio eletrônico ou negócios físicos.

Se você ainda não tem idéia de quem contratar, convido você a analisar um pouco: sobre o que é seu serviço ou produto? Qual é a sua proposta de valor? E que tipo de pessoas você deseja atingir?

Você deve pensar nesses pontos primeiro, já que é impossível vender para todos, você deve ter um público segmentado que queira o que oferece.

Se você pensa assim, provavelmente não terá êxito, embora, é claro, um coordenador de publicidade digital possa ajudá-lo nesse ponto.

Se esse não é o seu caso e o que você deseja é tornar-se um, também conhece os pontos que deve levar em consideração para ser um ótimo profissional.

Lembre-se de que essa profissão exige muita prática para melhorar o caminho.

É melhor começar o mais rápido possível, hoje existem uma grande demanda por essa figura no mundo digital. Garantindo um emprego nesta área interessante e divertida.

Não se esqueça de que você deve ser autodidata; aprender com outras áreas faz de você uma pessoa mais desejada para o trabalho; meu conselho é que tente provar o que gosta e o que não gosta.

E, por último mas não menos importante, se você não medir, não saberá onde está atualmente e quais ações a serem tomadas para melhorar, os KPIs são seus melhores aliados nessa tarefa.

Estes são os pontos que o diferenciam do resto e fazem você se destacar

Imagens principais por Freepik.

Portanto, não espere mais e tome a iniciativa de se tornar um trafficker digital!

Deixe-me um comentário, indicando suas dúvidas sobre esta bela profissão 😉

cupom com desconto - o melhor site de cupom de desconto cupomcomdesconto.com.br
Leia Também  As 7 lições que aprendi viajando sozinho por um mês e meio nos Bálcãs com 300 euros no bolso